Simpósio prioriza cuidados mentais e paliativos no tratamento do paciente idoso

Simpósio prioriza cuidados mentais e paliativos no tratamento do paciente idoso

Crescimento da população idosa reforça bem-estar físico e emocional

Evento reúne profissionais da geriatria, psiquiatria e cuidado paliativos na FACERES

            O crescimento da população idosa no Brasil chama atenção para abordagem do tratamento paliativo e o impacto da saúde mental na terceira idade. Esses temas serão debatidos no Simpósio realizado nos dias 15 e 16 de abril, organizado pelas Ligas de Psiquiatria, Geriatria e Cuidados Paliativos do curso de medicina FACERES. De acordo com a última projeção da população do IBGE, realizada em 2018; em 2043, um quarto da população deverá ter mais de 60 anos, enquanto a proporção de jovens até 14 anos será de apenas 16,3%. “O Simpósio é uma forma de abordar o foco no bem-estar, cuidado e conforto físico e emocional do idoso, valorizando a saúde mental deste possível paciente durante um tratamento paliativo”, afirma Paula Cintra Dantas, presidente da Liga de Geriatria. Especialistas irão se reunir com estudantes e profissionais da saúde durante palestras e dinâmicas.

No primeiro dia do evento, 15 de abril, a geriatra e paliativista, Dra. Renata Tomasetti Marcondes Guimaraes vai palestrar com o tema: “Demência em cuidados paliativos e sintomas psiquiátricos associados”. A coordenadora do curso de medicina da FACERES e paliativista, Dra Patrícia Cury, trabalhará a Espiritualidade em Cuidados Paliativos.

Uma dinâmica encerrará as atividades do primeiro dia.

Na terça-feira, 16 de abril, a geriatra e professora da FACERES, Dra. Ariane Assis Moura Rodero, vai falar sobre o manejo da dor em pacientes com doenças incuráveis. A depressão em idosos e o processo de luto serão discutidos pela psiquiatra, Dra. Marcela Hammoud. A preparação do profissional da saúde com olhar humanizado no tratamento também terá momento de destaque no Simpósio.

“O envelhecimento costuma trazer consigo diversas questões relacionadas a finitude. Os cuidados paliativos e atenção à saúde mental com foco na melhoria da qualidade de vida do paciente e a análise de todo o meio em que vive faz parte do acompanhamento para a integralidade do atendimento”, finaliza Dra. Patrícia Cury.

O Simpósio será realizado nos dias 15 e 16 de abril a partir das 18h30 no auditório da FACERES.

O evento é aberto a profissionais e estudantes da área da saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *